AMIGOS MAIS QUE ESPECIAIS

quinta-feira, 24 de março de 2011

VICTORIA'S SECRET - I LOVE SO MUCH!!!

Olá amores de mi vida...

Aproveitando antes de dormir para fazer um post rapidim!!!  Alguns já sabem o quanto amo cheirinhos e mais cheirinhos!!! Sou apaixonada por hidratantes, óleos e perfumes (inclusive uso para dormir)... Sou bem eclética quanto as fragrâncias... Últimamente ando apaixonada por umas essências da Victoria's Secret...

 Minha paixão: Coconut passion, mas também curto muuuuuuito Ravishing Love, Vanilla Lace, Naughty and Nice...
No meu cantinho também tem Gabriela Sabatini, Anais Anais, Dolce Gabbana e Versace (frasquinho micro, quase não apareceu na foto... kkkkkkkkkkkkkk)
Meus hidratantes A.D.O.R.O.O.O.O.O.O.O....

A HISTÓRIA DO PERFUME
A arte da elaboração do perfume nasceu no Egito transpondo os limites dos tempos e das pirâmides transformando- o em um acessório apreciado pelos ricos mortais, ao invés de ser privilégio unicamente dos deuses e dos mortos. Assim, os sacerdotes aos poucos transformaram seus templos em autênticos laboratórios de Perfumes Artesanais. Por volta de 2000 a.C., os primeiros clientes foram os faraós e os membros importantes da corte, logo, o uso do perfume se difundiu, trazendo um agradável toque de frescor ao clima quente e árido do Egito.

A necessidade de contar com essências refrescantes tornou-se tão fundamental que a primeira greve da história da humanidade foi protagonizada em 1330 a.C. pelos soldados do faraó Seti I, que pararam de fornecer unguentos aromáticos. Pouco depois (1300 a.C.), coube ao faraó Ramsés II enfrentar uma revolta de peões em Tebas, que estavam indignados com a escassez de rações, de comida e de unguentos.

Os egípcios cuidavam muito de sua higiene pessoal, tinham hábito de lavar-se ao acordar, e também antes e depois das principais refeições; além de água, usavam uma pasta de argila e cinzas, a suabu, que era uma espécie precursora do atual sabonete; a seguir, friccionavam o corpo com incenso perfumado.

O químico árabe, Al-Kindi (Alkindus), escreveu no século IX um livro sobre perfumes chamado Livro da Química de Perfumes e Destilados. Ele continha centenas de receitas de óleos de fragrâncias, salves, águas aromáticas e substitutos ou imitações para droga caras. O livro também descrevia cento e sete métodos e receitas para a perfumaria, inclusive alguns dos instrumentos usados na produção de perfumes ainda levam nomes árabe, como alambique, por exemplo.

O médico e o químico persas Muslim e Avicenna (também conhecido como Ibn Sina) introduziram o processo de extração de óleos de flores através da destilação, o processo mais comumente utilizado hoje em dia. Seus primeiros experimentos foram com as rosas. Até eles descobrirem perfumes líquidos, feitos de mistura de óleo e ervas ou pétalas amassadas que resultavam numa mistura forte. A água de rosas era mais delicada, e logo tornou-se popular. Ambos os ingredientes experimentais e a tecnologia da destilação influenciaram a perfumaria ocidental e desenvolvimentos científicos, principalmente na química.

A partir da Espanha foi introduzido em toda a Europa durante o Renascimento. Foi na França, a partir do século XIV, onde se cultivavam flores, que ocorreu o grande desenvolvimento da perfumaria, permanecendo desde então como o centro europeu de pesquisas e comércio de perfumes.

Bjksssssssssssssssssss

6 comentários:

Jaqueline Köhn disse...

Que Mulher que não gosta de ser cheirosinha né?

Ou melhor, os Homens adoram uma Mulher cheirosinha né....rs


Um beijo grande fofa!

Priscila Oliveira disse...

Eita que essa mulher deve ser muito cheirosa,rsrs! É muito bom um cheirinho, também adooooro!
bjs....

Silvane Frota disse...

Já ovir falar muito desses produtos, sou louca pra usar....

bjo

SILVANE FROTA
www.estilodasil.blogspot.com

Casa Corpo e Cia: O jeito mulherzinha de ser. disse...

Poderosa é tu com este monte de Victoria's Secrets! Eu não tenho nenhum! hahaha!
Beijokas querida e ótimo fim de semana!

Eliane Mello disse...

Olha eu confesso não sou muito vaidosa e pra piorar acho caro, não sei tem um lado meu que luto contra, o de querer economizar, sei lá acho que por que trabalhei e sei o valor do dinheiro, mas vejo tanta gente que trabalha e compra mesmo sem pena e dó, mas vontando ao assunto então eu sempre troco pelo mais barato, até que em uma viagem do marido por Miami e claro lá tudo é mais barato ele trouxe para min creme, perfume da Victoria'Secret, você é feliz até não experimentar, que diferença, é tem coisas na vida que não tem preço. Beijos Eliane

Cafofo da Fran disse...

Amigaaaa qnta Victoria vc tem.... Tbm queroooo Bjus

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails